A visão espírita para uma nova era

O Departamento de Comunicação Social da Liga Espírita Pelotense, dentro de suas atribuições a serem desenvolvidas, tinha grande lacuna a ser preenchida: a de viabilizar um programa espírita radiofônico, no qual a mensagem espírita pudesse ser levada a todos os lares, lugarejos, colônias, distritos e rincões da cidade de Pelotas e região.

Um programa que siga a orientação da Federação Espírita Brasileira como encontramos no opúsculo: “Movimento espírita”, da FEB, páginas 2 e 3, que orienta: cada página de livro, jornal ou revista espírita, cada programa espírita de rádio ou televisão, cada palestra ou conferência espírita, constituem sagrada oportunidade para a divulgação dos princípios e dos esclarecimentos da Doutrina Espírita, levando à alma do povo as sementes da consolação e da esperança, do entendimento superior da vida e de uma nova conceituação da verdadeira fraternidade, com base nas sublimes verdades reveladas pelo Consolador prometido e enviado por Jesus.

Uma proposta para falar ao povo, de maneira simples, os ensinamentos de Jesus: a linguagem deve ser singela e direta, franca e fácil como a própria verdade.
É dessa forma que a Liga Espírita Pelotense vem desenvolvendo com brilhantismo e lisura a divulgação do espiritismo seja em seus trabalhos doutrinários, como nos meios de comunicações, Jornais, TV, folhetos, revistas, sites, entre outros.
Muitos empreendimentos foram feitos visando o programa de rádio, alguns fracassados, outros frustrados. Mas a idéia do programa continuou viva e latente no coração de todos.
A peregrinação continuava, apesar de, por vezes, nos sentirmos abatidos, mas não vencidos, pois sabemos que a persistência e a paciência são virtudes e a fé o porto-seguro. Necessário ter a fé que transporta montanhas, como ensinado por Jesus: deslocar as dificuldades, as resistências, a má vontade, os preconceitos, o interesse material, o egoísmo, entre outras tantas montanhas que barram o caminho de quem trabalha pelo progresso da humanidade. Mas tudo conspira para o bem, quando aprendemos a trabalhar e a confiar na divindade. Diz o espírito Meimei: “Diante do bem, não pronuncieis a palavra impossível”. Sabíamos que a missão era difícil, mas não impossível.
As sementes haviam sido lançadas e aguardavam a época da germinação.
E foi assim, trabalhando incansavelmente, que, na noite primaveril do dia 24 de setembro de 2010, no Teatro Guarani, minutos antes da palestra do irmão Raul Teixeira, o irmão João Carlos Silva questionou ao irmão e seareiro Edenir Madeira: “O projeto da rádio continua?”.
A ocasião não poderia ser melhor. Aquele era o ambiente propício no qual a espiritualidade maior uniu duas almas que dariam um pequeno, porém significativo passo para a concretização do sonho.
A partir deste dia muitos fatos marcantes aconteceram, sob a coordenação dos irmãos espirituais.
A primeira notícia dada em uma reunião na Lep da possibilidade de um programa de rádio foi recebida pela diretoria com muita alegria e vibração, com palavras de incentivo, de encorajamento, de estímulo, sob compromisso de que não mediriam esforços para tal empreendimento.

View the embedded image gallery online at:
http://lep.org.br/index.php/terceiro-milenio-7/o-programa?tmpl=component&print=1&page=#sigProGalleriaf1e5b1e8ab
No dia 27 de outubro de 2010, às 18h, na Liga Espírita Pelotense, orientados pela espiritualidade maior, reuniram-se os irmãos Milton Barum, Sirlane Maciel, Antônio Dutra, Dora Bittencourt, João Carlos Silva e Edenir Madeira com a missão de concretizar um programa espírita radiofônico na cidade de Pelotas. 
Num clima de fraternidade e alegria, pouco a pouco as barreiras foram sendo vencidas, como a água de um rio que precisando alcançar sua meta vai contornando os obstáculos.
A cada etapa vencida, um sorriso; a cada obstáculo contornado, a vibração. E, por fim, a alegria e o brilho nos olhos já se faziam presentes e contagiavam a todos.
E nesse clima de alegria e harmonia e amparados pelos espíritos amigos, nasceu o Programa Terceiro Milênio – a visão espírita para uma nova era, que será transmitido pela Rádio Cultura AM – 1320 khz, aos sábados, às 16h.
A apresentação e a produção do programa estão a cargo do irmão e seareiro Edenir Madeira, que terá a incumbência de ser o porta-voz da mensagem espírita cristã através das ondas do rádio.
Lembremo-nos das palavras do espírito Emmanuel através da psicografia de Chico Xavier:
“A maior caridade que praticamos em relação à Doutrina Espírita é a sua própria divulgação”

Departamento de Comunicação Social da Liga Espírita Pelotense

Acessos: 6252
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s