Vinha de Luz

Departamento com as atividades básicas de um Centro Espírita e que agregadas à Entidade Federativa constituem-se em campo experimental: Reunião pública doutrinária, transmissão de Passes, atendimento pelo Diálogo Fraterno, Irradiações e grupos de estudos da Doutrina Espírita


 

Kardec e os Espíritos

Em 1855, Hippolyte Léon Denizard Rivail, professor francês de aritmética, pesquisador de astronomia e magnetismo, foi convidado por um amigo seu a ver de perto estas manifestações que ocorriam nos salões da capital francesa.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

Aliança Espírita

Aliando as sociedades espíritas para salvaguardar a pureza e a simplicidade dos nossos princípios, é forçoso considerar o Imperativo da aproximação, no campo de nós mesmos.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

União

Compadece-te e ajuda, a fim de que possas servir na união para o bem.
Não fosse a bondade do lavrador que ampara a semente seca, não receberias na mesa o conforto do pão.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

Espiritismo e o Futuro

Somente o Espiritismo, bem entendido e bem compreendido, pode tornar-se, conforme disseram os Espíritos, a grande alavanca da transformação da Humanidade.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

Mediunidade

Allan Kardec, publica “O Livro dos Médiuns em 1861”. Lê-se no frontispício da obra que ela contém o ensino especial dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações e os meios de comunicação com o Mundo Invisível. É roteiro seguro, nele encontramos abundantes ensinamentos, preciosos e seguros, que a todos habilitam, à nobre tarefa, sem os perigos da crendice e da improvisação.

0
0
0
s2sdefault
powered by social2s

Mensagem de Bezerra de Menezes

 ...Vós, meus irmãos, vos reencarnastes com a tarefa definida de pontificar na Seara Espírita; não estais no trabalho da Doutrina Consoladora por acaso, não vos investis das responsabilidades por uma circunstancia fortuita. Não tendes sobre vós a “túnica nupcial” senão porque estais invitados à boda; tende tento e cuidai, porque este é o momento de graves responsabilidades.
 Respira-se na Terra uma pisicosfera deletéria, resultado natural do grande mofo que invade os vários departamentos do Planeta; tempos chegados, anunciava o Senhor, o agora se manifestam esses tempos através dos fenômenos de desequilíbrio e de aflições que nos chamam a acuradas reflexões.  
 O Codificador da Doutrina Espírita, lúcido e claro, escreveu, sob a inspiração do Espírito Verdade, que o maior perigo que poderia rachar a estrutura doutrinaria em nosso Movimento seria o da dissensão.
 Jesus, através de Ismael, conseguiu unificar a família espírita brasileira nos seus quadrantes e a vós vos cabe a tarefa honrosa de preservar este patrimônio de luz de que dareis conta quando soar o momento do despertar na pátria alem das formas transitórias.
 Alegrai-vos por viverdes estes dias, senti-vos felizes por serdes chamados aos testemunhos superiores da vida, porque cristão sem testemunho e espírita sem caridade são adornos da igreja da fé sem luminosidade e sem razão.
Vossos amigos espirituais aqui estão para bendizer, para louvar, para pedir e agradecer a Deus este momento de alegria inefáveis e de muita paz. 
Que o Senhor vos abençoe, meus filhos, são os votos do servidor humílimo e paternal de sempre.


Mensagem transmitida pelo médium Divaldo Pereira Franco, em 07.11.86, no encerramento das atividades do Conselho Federativo Nacional, na sua sede, em Brasília – DF
0
0
0
s2sdefault
powered by social2s
INSTITUCIONAL DOUTRINA ESPÍRITA NOTÍCIAS DEPARTAMENTOS CASAS

presidentes
histórico
galeria de fotos antigas
fundar uma casa espírita

artigos
downloads
estudos

jornal
aconteceu
rádio e tv

assuntos da família
assist. e prom. social espírita
comunicação social
doutrinário
infância e Juventude
livraria

AME Pelotas
todas as casas
galeria de fotos
horários

  TERCEIRO MILÊNIO      
  no rádio
na tv
no youtube
no facebook
 

 

 
© Todos os direitos reservados a Liga Espírita Pelotense
Rua Andrade Neves, 981 CEP 96020-080 Pelotas RS Tel (53) 3278-2660