S.E. Assistencial Dona Conceição

Imprimir

Histórico

Rua João Manoel, 25
PORTO
Pelotas RS
F. (53) 3222-2634.

Há muitos anos, um grupo de senhoras da sociedade pelotense, imbuídas dos mais elevados sentimentos de amor e fraternidade, decidiu criar uma sociedade espírita, proposta por Dona Virgínia Taveira Fróes e que tinha como bandeira o auxílio aos necessitados e a divulgação da doutrina espírita. Nascia, assim, no ano de 1911, a Sociedade Auxílio Fraternal de Senhoras Espíritas.

Impulsionada pelo espírito fraterno de uma parcela representativa da comunidade, esta Sociedade foi ganhando novos membros, os quais se sucederam em sua presidência, irmanados pelo sentimento vivo de solidariedade humana.
Sempre guiada por uma administração dinâmica, harmônica e coesa, inspirada na filosofia espírita, esta Instituição – embora desconhecida por muitos – vem desempenhando relevante missão na comunidade pelotense.
Naquele grupo de senhoras, destacou-se a figura suave, prudente e amorosa de Dona Maria da Conceição Barbosa Dias, esposa do Cel. Domingos Jacintho Dias, conceituada dama da sociedade daquela época. Dona Maria da Conceição passou a se dedicar à prática constante de atos caridosos.
Dotada de um coração generoso e sensível, sempre voltada para os mais necessitados, demonstrava especial simpatia pela infância desprotegida. Tanto assim que, durante sua longa existência, amparou e criou em seu próprio lar, com o carinho especial de uma mulher que não teve a ventura de ser mãe, vinte e cinco crianças, as quais foram chegando uma a uma e de lá não mais saíram. A todas amou como se seus filhos fossem, dedicando-lhes o amor materno que a vida lhes negara.
Sua casa era uma casa de portas abertas para quem a ela recorresse. Sempre que o alimento material era ali procurado, era encontrado; ninguém lhe batia à porta sem ser atendido. O alimento espiritual – a palavra, o carinho, o conforto, o consolo – também era sempre ali encontrado. A todos atendia com a mesma bondade, carinho e afeto de quem nasceu para amar.
Em 1927, quando de seu falecimento, por meio de seu testamento, legou tudo o que tinha à coletividade pelotense, na sua parte menos favorecida, a criança desamparada. Contudo, não deixou de proteger os que lhe eram caros, por meio do usufruto dos próprios bens que doara aos desafortunados. Assim, deixou em doação à Sociedade até mesmo a sua casa de moradia, com a obrigatoriedade de nela ser estabelecido um orfanato para meninas pobres.
Desde a criação da Sociedade, em 1911, são 100 anos em que mãos e corações generosos dão vida àquele ideal de auxílio aos necessitados e de divulgação da doutrina espírita. Cem anos em que suas diretorias envidaram todos os esforços para que a Instituição permanecesse em pé, gigante e altaneira, amando, abrigando, formando e encaminhando crianças que constituiriam, mais tarde, elementos atuantes da nossa sociedade.lar_geremias_froesCom o passar do tempo, por contingências legais, a denominação da Sociedade passou a ser Sociedade Espírita Assistencial Dona Conceição, mantenedora do Lar da Criança Dona Conceição e da Escola Assistencial Jeremias Froes.
Devido a circunstâncias sociais e econômicas, o Orfanato passou a funcionar em regime de semi-internato, oportunizando atendimento a um maior número de crianças, da mesma forma que as portas da escola foram abertas às demais crianças carentes da cidade, dando, assim, continuidade à filosofia da Instituição: assistir aos menos privilegiados.
Para sua manutenção, a Sociedade conta, desde a fundação, com a mensalidade dos sócios, os donativos de colaboradores e uma pequena renda provinda de aluguéis. Conta, também, com verbas governamentais repassadas através de projetos elaborados pela própria Instituição.
No entanto, a ajuda de cada pessoa, membro participante de uma comunidade edificante, é fator fundamental e indispensável para a continuidade dos serviços que vêm sendo prestados.
Para assegurar o perfeito funcionamento e desenvolvimento desta Sociedade, as suas sucessivas diretorias vêm realizando um incansável e profundo trabalho de dedicação, carinho e amor, inspirados na doutrina espírita, a fim de bem desempenhar a relevante missão a que se propuseram.
Assim, vai se perpetuando no tempo esta obra gigantesca de fazer sorrir uma criança.


No ano de seu CENTENÁRIO, a Sociedade Espírita Assistencial Dona Conceição abre suas portas e seu coração, convidando-o a ser uma das mãos que amparam, protegem e acariciam uma criança.

Acessos: 8572
INSTITUCIONAL DOUTRINA ESPÍRITA NOTÍCIAS DEPARTAMENTOS CASAS

presidentes
histórico
galeria de fotos antigas
fundar uma casa espírita

artigos
downloads
estudos

jornal
aconteceu
rádio e tv

assuntos da família
assist. e prom. social espírita
comunicação social
doutrinário
infância e Juventude
livraria

AME Pelotas
todas as casas
galeria de fotos
horários

  TERCEIRO MILÊNIO      
  no rádio
na tv
no youtube
no facebook
 

 
© Todos os direitos reservados a Liga Espírita Pelotense
Rua Andrade Neves, 981 CEP 96020-080 Pelotas RS Tel (53) 3278-2660